sábado, 26 de março de 2011

TORPOR DE AMOR

Quando o sol
chega irreverente
e se abre por inteiro
posso caminhar,
procurar minhas conchas
por todo o mar
pois seus raios
iluminam o meu procurar.

Minhas retinas
dilatam com maestria
perante este
brilho encantado.

Até meu coração
muda de cor e fica
alaranjado.

Infralaranja...
Torpor de amor
que me encanta
por onde eu for.

BEBE
26.03.2011

Um comentário:

  1. Primeira vez que passo por aqui e gostei muito, usa belas palavras... é bom aconchegar nelas ne?

    tenho 2 blogs se quiser conferir:

    http://coisasdeanitta.blogspot.com/(mais antigo)

    http://senhoritadinamitt.blogspot.com/ (novo)

    ResponderExcluir