quinta-feira, 31 de março de 2011

POEMETO

Com toda fidelidade
que a onda segue o mar
EU procuro dentro do meu SER
um encanto, uma paisagem
para virar palavra...Meu poema!
Brilho da minh'alma.

BEBE
31.03.2011

BELEZA RARA

Espio lá fora
e vejo a chuva cair...
Então decido
continuar aqui dentro
no meu jardim de inverno.

Aqui a pauta hoje
é diferente...Mais gritante...
Mais firme...
Busco no ar um
interlúdio,
um som fresco,
um hino com
louvor de sonho real...

Tua BELEZA RARA amor...
Algo tão próprio de ti
que nunca...Nunca...
Alguém conseguirá excluir.

BEBE
31.03.2011

ODARA

LETRA DA MÚSICA

ODARA

Composição : Caetano Veloso

Deixa eu dançar pro meu corpo ficar odara
Minha cara minha cuca ficar odara
Deixa eu cantar que é pro mundo ficar odara
Pra ficar tudo jóia rara
Qualquer coisa que se sonhara
Canto e danço que dara


HISTÓRIA E ESTÓRIA

Meu corpo sente
vontade de levitar,
sentar no chão para ouvir
meu contador de ESTÓRIA.

Meu coração está
sentindo falta de brincar,
de acordar dentro da fantasia
que é a
nossa
verdadeira HISTÓRIA.


Até tentei seguir
com o vento mas ele
corria a 80 km por hora
e quebrou minha varinha
de condão...

Mas eu sei que logo, logo...
Meu PETER PAN vai chegar
saltitando com outra varinha
coberta de amor e
muita purpurina.

BEBE
31.03.2011

"- Sabe, Wendy, quando o primeiro bebê
riu pela primeira vez, a risada dele
se quebrou em mil pedacinhos,
e cada um saiu saltitando...
Cada um virou uma fada,
foi assim que elas apareceram."
(Peter Pan)

quarta-feira, 30 de março de 2011

NO TEMPO DO AMOR


Vivo ocupada...
Não tenho tempo
nem mesmo para fazer
hora extra...

Não uso mais relógio,
me enrolei de tal jeito
no amor que esta
intimidade tomou conta
de todo meu espaço.

Como um tic tac preciso
posso descansar
com toda exatidão
do meu puro coração.

BEBE
30.03.2011

terça-feira, 29 de março de 2011

POESIA...NOSSA CRIA!

Eu nasci com o dom
de parir vidas e letras.

Mesmo que esta benção sagrada
tenha em algum momento
me pregado alguma peça
não deixei que o imprevisto
sugasse de mim este dom.

Ao fecundar este AMOR
tão fecundo meu ventre
ovulou letras para um perfeito
acasalamento poético.

Nasceu assim uma nova
CRIA de palavras...
Nossa POESIA!

BEBE
29.03.2011

segunda-feira, 28 de março de 2011

DESEJOS BRILHANTES

Tenho dentro
do meu coração
um punhado de desejos,
todos eles muito bem
iluminados.

Embora nem sempre
os consiga realizar
são eles que me fazem brilhar.

Você muitas vezes
até pode não ver este
brilho guardado a sete chaves.

Mas se trocar teus sentidos
perceberás que todos eles
são incandescentes,
brasas ardentes,
sonhos vivos de
uma alma radiante.

BEBE
28.03.2011

POEMETO

Quero estar sempre assim
meio boba, meio sem nexo,
totalmente perdida
dentro do amor...
Cupido da minha poesia.

BEBE
28.03.2011

domingo, 27 de março de 2011

CÂNTAROS DOS OLHOS

Não me acorde,
estou descansando
os olhos da ressaca
do mundo real.

Deixe-me descansar
só mais um pouquinho
aqui onde posso
ziguezaguear com
minha varinha de condão.

Só vou acordar quando
sentir os cântaros dos meus olhos
leves e coloridos como
bolhinhas de sabão.

BEBE
27.03.2011

sábado, 26 de março de 2011

BELIEVE

PULSEIRA VERBAL
ACESSÓRIO VITAL
NO MEU DIA A DIA.

BEBE

Tradução de um trecho
da música BELIEVE de
Elton John.

Eu acredito no AMOR,
é tudo que nós temos

O amor não tem fronteiras,
não custa nada alcança-lo

O amor é simples
sem limites para cruzar

EU ACREDITO NO AMOR!

I believe in love!

AMOR PURO

DEUS criou o AMOR
com toda simplicidade,
como uma recompensa
pela vida que ele
nos deu.

Cada emoção secreta
que ELE nos presenteia
é como um caminho florido
onde guardamos
os nossos mais preciosos
sentimentos.

Muitas vezes
precisamos nos proteger
em potinhos...

Mas se nós guardarmos
AMOR PURO mesmo no coração
nosso respiro será
sempre leve e suave...

Porque a todo instante
a minha e a tua essência
são purificadas com
soprinhos de DEUS.

BEBE
26.03.2011

TORPOR DE AMOR

Quando o sol
chega irreverente
e se abre por inteiro
posso caminhar,
procurar minhas conchas
por todo o mar
pois seus raios
iluminam o meu procurar.

Minhas retinas
dilatam com maestria
perante este
brilho encantado.

Até meu coração
muda de cor e fica
alaranjado.

Infralaranja...
Torpor de amor
que me encanta
por onde eu for.

BEBE
26.03.2011

sexta-feira, 25 de março de 2011

NOITE DE QUIMERA

Quando a noite
chega procuro guarida
na poesia...

Aos poucos percebo que
nem mesmo sinto ela passar
pois minha letra cria e recria
um esboço perfeito
de toda minha sede de amar.

Atrás da minha cortina poética
solto meu corpo
numa quimera que agasalha,
que aquece de um
jeito voraz cada músculo,
cada poro...

Minha pele delira
e sedimenta a falange
sem controle
dos meus desejos.

BEBE
25.03.2011

ETERNA APRENDIZ

Sinto em alguns
momentos que moro
em outro lugar...

Não sei se em
algum porta-jóia antigo,
alguma caixinha de música
ou num baú de tesouros
no fundo do mar.

Mas...Talvez esteja aqui mesmo
dentro do meu castelo

como um rolinho de algodão
escondido em alguma nuvem
bem branquinha
como aprendiz de uma
história de amor
que nunca terá fim...

Envolvida numa
nuvem de amar que possui
as mais lindas características...
Login de anjo
e senha de cupido.

BEBE
25.03.2011

MINHA RELÍQUIA

Tenho em minhas mãos
um poema...
Minha maior relíquia
de uma TARDE QUENTE
que o amor escreveu.

Escreveu alto,
no tom LILÁS...
Com requinte próprio
de quem sabe amar.

Corpos sem fronteiras
numa entrega
muito além da razão...

Doce verso de
uma grande paixão!

BEBE
25.03.2011

POEMETO

Me curvo perante
ao AMOR e não tenho
dúvida nenhuma que ser
PARZINHO NO SENTIR
é a maior dávida
que pode existir.

BEBE
25.03.2011

quinta-feira, 24 de março de 2011

ELIZABETH TAYLOR

De TI carrego
não só o nome de rainha...
Não só a tua determinação...
Não só a tua fragilidade...
Não só teus sonhos sem fim...
Não só a esperança de um mundo melhor.

Tenho tatuado em mim
tudo isso e mais um pouco...

Tatuei em meu coração
teu lema de vida:
"Eu sempre admiti que sou
comandada por minhas paixões."
(Elizabeth Taylor)

Nossa única diferença
é sobre Paixão ...
Eu só a sinto no singular...
Uma paixão colorida,
um amor glorioso
que pigmentou meus olhos
da cor do teu...LILÁS de amor.
Lilás de LIZ.

BEBE
24.03.2011
Elisabeth Zamboneti Rylko

MEU EU...

A estação do meu EU
é a fusão de todas elas...

Serenamente concluo
que em todas a presença
muda somente lá fora.

Aqui dentro do meu sentir
este vai e vem possui
a perfeição de cada
uma delas...

Uma alma florida,
Um coração quente,
Uma folha poética,
Um frio aconchegante.

Elas podem ir passando
e meu EU segue...florescendo,
te amando, poetando
e te acarinhando.

Seja Primavera...Verão...
Outono ou Inverno.

BEBE
24.03.2011

quarta-feira, 23 de março de 2011

VISITE...

Hoje te convido a visitar
meu outro blog
Sonhos de uma menina ... BETINHA

uma viagem a infância
e ao sonho da menina que mora em mim.

http://sonhosbetinha.blogspot.com/

(Link direto no final deste blog)

terça-feira, 22 de março de 2011

POÉTICA REDENÇÃO

Aqui parada
permaneço devorando
todos os escritos
da boleia do meu silêncio.

Em cada curva do meu corpo
segredos que marcaram
minha alma até a boca.

Sentimentos que descobri
num mundo novo onde
todas as reticências...
Pontuam o amor com
vírgulas de cumplicidade,
pena perfeita ...
Exclamação de peles
numa poética redenção!

BEBE
22.03.2011

BAILADO DE AMAR

Minha força
é sobrenatural...

Este amar inusitado
me encanta de tal forma
que ao som da tua flauta
sinto a alma girando
em pleno jardim.

Levito como uma bolha de sabão
num voô sonhador...

No ar apenas a melodia doce,
sopro de menino que
dedilha os suspiros
de uma borboleta
que baila vestida de amar.

BEBE
22.03.2011

segunda-feira, 21 de março de 2011

MENINA...MULHER...FELIZ!

O que é um dia feliz?

É uma viagem para
dentro da alma onde o tempo,
as horas e os segundos
preenchem o coração
com a beleza da existência.

Qualquer que seja
a duração desta viagem
sempre nos faz bem.

Porque o que importa na verdade
é conseguir flutuar na emoção,
até mesmo num simples
verso de Romeu
que sempre eleva
Julieta até o céu.

Pureza de uma inocência
nunca perdida,
MENINA que mesmo
vivendo no mundo da lua
a cada final do dia
se transforma em MULHER
e diz...Hoje eu consegui
ser FELIZ!

BEBE
21.03.2011

TRILHA DE RIMAS

Este caminho que vivo
a trilhar é como
uma vereda de
frestas coloridas
que vive a alquimizar
a minha solidão.

Matiz mágica
onde meus passos
encontram em cada cor
uma paisagem única.

Passeio de letras,
rima enfeitada de amor,
verso que florece
os pigmentos da tua alma
mais uma vez.

BEBE
21.03.2011

domingo, 20 de março de 2011

ALÉM DA IMAGINAÇÃO

Sorrateiramente atiço
meus reflexos soltos
ao vento...

Tento planar
além da imaginação
numa suave travessia
entre a água e o ar.

Gaivotinha solta...
Asas libertas,
penas soltas de mim
num voô clássico
que de tão alado
balança um horizonte
aberto de amor...

E nele em pleno ar
penas se enroscam
num infinito desejo
aurora boreal.

BEBE
20.03.2011
Inpirado na melodia
Vangelis - Fields Of Coral

INSTINTO DE AMAR

Quando me sinto só
me escondo onde
sei que você está.

Me alimento na seiva que
brota nos teus atalhos,
molho meus dedos
e umedeço sonhos e fantasias.

Posso ficar enclausurada
no teu corpo de poesia
o tempo que for que nem
sinto o tempo passar.

Cada instante é precioso,
cada detalhe uma emoção nova
que revigora o meu intenso
instinto de amar.

BEBE
20.03.2011

sábado, 19 de março de 2011

MORADA POÉTICA

A chuva cai fininha
pulverizando meu amor
que de tão acordado
faz o meu coração saltar
atrás do teu
verso mais puro.

Cálido sentir,
abrigo que fecunda
em poesia.

Sonhos que dilatam
a alma e alagam
de esperança minha
poética morada.

BEBE
19.03.2011


sexta-feira, 18 de março de 2011

ENSAIO

Posso abrir mão
de alguns sonhos,
da liberdade,
mas do meu tempo
que é todo teu jamais.

Cada segundo,
cada voô
me faz flutuar
num espaço único
onde ensaio cada
fragmento teu.

Roteiro de amar...
Sempre primeiro ato onde
cada sentido permanece
em estado de alerta
para que o mundo e
este grande amor
nunca escorra
das minhas mãos.

BEBE
18.03.2011

POEMETO

Carrego cada beijo,
cada letra, cada palavra tua
na minha saliva para que nunca
a minha boca perca o teu sabor.

BEBE
18.03.2011

quinta-feira, 17 de março de 2011

DESEJO PRIMITIVO

Não sei se é a chuva,
o frio ou o mar agitado
que faz brotar em
cada poro do meu ser

um desejo primitivo
de querer estar esta noite
em qualquer lugar,
longe de tudo e de todos...

Me unir a você numa só carne,
te elevando lentamente
para sorvir do prazer
que só encontro
nas profundidades do teu ser.

Guia cega de amar...
Duo de pele,
explosão de toques...
MÃOS à luz de
um simples lâmpião.

BEBE
17.03.2011

ESSÊNCIA DE LETRAS

A chuva insiste
em molhar meus versos
pelas ondas do mar...

Sagrada gota poética
que descortina a alma
e transforma a névoa
num horizonte com resquícios
de um jardim florido pelo sol.

Aurora de amor...
Gota de mim...De ti...

Essência de letras
que cintilam na água
O desejo do meu coração.

BEBE
17.03.2011

quarta-feira, 16 de março de 2011

SENTIR...

Aqui entre o céu e o mar
sinto sempre a brisa me levando
por onde meu coração
gosta de navegar...
SENTIR...Amar...Amar...Amar...

Muitas vezes no caminho
me pego pensando como
Fernando Pessoa:
"De que cor será sentir?"

Mas que bobagem...
É só começar a atravessar
a ponte do teu mar e pronto...

Descubro a resposta
nos tecidos das minhas artérias
que matizam o meu coração
com a beleza colorida
da tua alma.

BEBE
16.03.2011

LEITO DIÁRIO

Neste céu onde agora
a calmaria se instala
existe um conto encantado
e uma história de fada.


Bate tuas asas e
pousa aqui neste
meu leito diário...

Encosta a tua pena
de ferrenho sonhador
na minha pele
para juntos escrevermos
um poema a quatro poros.

BEBE
16.03.2011

terça-feira, 15 de março de 2011

POEMETO

Abra teus lábios
e receba a ternura do beijo
que bitoca o céu
enquanto a saliva doce
escorre de amor pela lua.

BEBE
15.03.2011

SIMPLICIDADE DO AMOR

Ao meu eu não posso mentir...
Mesmo quando estou
sem rumo, sem prumo,
é na simplicidade do AMOR
que encontro alento.

Vivo com o coração aberto
a este sentimento que
de tão sedutor me faz voar
e cair do salto
ao mesmo tempo.

Mas é esta perplexidade
que me faz viver
seguindo descalça
nesta doutrina ...

Com o peito aberto de AMOR,
meu colo cheirando a flor
para aninhar o meu grande amor.

BEBE
15.03.2011

SEM POUPAR CORAÇÃO

LETRA DA MÚSICA

Sem poupar coração

Nana Caymmi

Composição: Dory Caymmi / Paulo Cesar Pinheiro

Não quero mais
Ouvir quem diz
Que o amor é só
Pra ser feliz
Angústia ou paz
Prazer ou dor
Eu quero é mais
Morrer de amor

Eu quero amar demais
Sem poupar coração
Que pra mim o amor que apraz
É uma louca paixão
Um amor só satisfaz
Além da razão.

segunda-feira, 14 de março de 2011

POEMETO

Não vou festejar
o dia da poesia
porque minha
única poesia
faz festa em mim
todo dia...VOCÊ!

BEBE

14.03.2011

ADÁGIO DE AMOR

A magia da pele
nos prendeu numa
vestimenta onde
a ousadia criou
um bailado dos deuses.

PAS de um desejo
sem limitações...
Cadência de um som mudo
e arrepiado...

Adágio de amor...
Pas de Deux que de
tão cúmplice tornou-se
um clássico sonho de melodia.

Obra da fantasia
onde sou inteiramente...VOCÊ!

BEBE
14.03.2011

UN TE AMO


Trecho da música
UN TE AMO
de Luis Miguel

"Um te amo
Dito por seus lábios
É poema que acelera
As batidas do meu coração."

domingo, 13 de março de 2011

VAGANDO...

Deixe uma nova canção
tocar suavemente...

Abuse da nota MI (E)...
Entoe ela acompanhado
das notas escondidas
aí dentro da tua "BATUTA"...

Preciso voar como um anjo,
vibrar nas tuas escalas...

Sentindo apenas
a alegria de vagar
na melodia
que me ensinaste
a cantar.

BEBE
13.03.2011

QUEM SERIA EU?

Quem seria EU
se um dia na companhia
dos pássaros não tivesse
parado aos teus pés
ao ouvir a TUA LIRA?

Seria uma MENINA sem sonhos,
uma MULHER sem fantasia,
um CORAÇÃO sem amor,
uma LETRA sufocada...
Sem rima...Sem pena...
Sem NADA...

Apenas uma simples folha caída
num outono que nem VIDA tinha...
Um CORPO perdido numa
tatuagem sem MELODIA.

BEBE
13.03.2011

"NÃO SEI SE EU SABERIA
CHEGAR ATÉ O FINAL
DO DIA SEM VOCÊ.

Zélia Duncan

sábado, 12 de março de 2011

VERTIGEM APAIXONADA

Quero mais é brincar de amar
alí onde posso
flutuar na fantasia...

Provar o explendor
desta sensação que tanto
me seduz...

Encontrar todos
os teus fragmentos,
me acabar de tanto sentir...
Seja pela terra ou pelo céu.

Soltar ao léu...
O corpo, a poesia
numa vertigem repleta
de desejos apaixonados.

BEBE
12.03.2011

SENSAÇÃO

A todo instante
sinto esta sensação
de te ver assim
deitado ao meu lado...

Desnudo, entregue
a este meu coração que
de tanto te querer
bate na garganta
e ofegante salta para
fora do meu ser.

Onde posso me agarrar,
deitar na pele,
tocar profundo,
beber teu fôlego,
gozar no céu...

Ver estrelas
que de tão brilhantes
matizam de fantasia
este espetáculo de amor
tão teu...Tão meu.

BEBE
12.03.2011

sexta-feira, 11 de março de 2011

VEREDA DE AMOR

Viaja na poesia
e assopra uma vereda...
Ela nem precisa ter nome
mas que possua rastros
de amor.

Coloca nas tuas letras,
neste ar que sai do teu peito
para que eu possa
contigo vagar...

Solta aqui
neste portal aberto
onde estão todas as tuas
palavras...
Sempre impossíveis de apagar.

BEBE
11.03.2011